Autores

João da Costa (Remexido)

João da Costa (Remexido)

Local:

Portugal

Ligações:

Website

Partilhar:

facebooktwittermais

Bio

Nasceu em Lisboa no ano de 1981. Iniciou a sua formação musical no Instituto de Música Vitorino Matono, em música clássica. Concluiu o curso de jazz, em Piano e Voz, na Escola de Jazz e Música Moderna de Almada-Seixal e o curso de Jazz em Voz, pela Escola de Jazz Luiz Villas-Boas - Hot Club Portugal. Da sua atividade salientam-se projectos em várias áreas artísticas, como músico, compositor, actor e programador. Como músico e compositor, criou e participou em diversos projectos musicais: "Inbeatrio", "J.J. Experience", "Fósforo", "Que sede é esta?”, “Cajabucalho”, "LoopTrip”, “Coro da Corda” e “Remexido”. Compôs uma banda sonora para o filme mudo "Nosferatu”, de (Friedrich Murnau), que tocou ao vivo no Festival Internacional de Artes e Cinema de Terror "Phantasticus". Em Teatro fez a composição musical para as peças: “Viagens á volta do natal”, “Aqui jazz Bocage”, “Charanga de Dragões”, pelo teatro do Elefante,”feras Amestradas” pela companhia Feras Amestradas, “O Teatro” de Ema Santos pelo Teatro O Grito, “Retratos” pelo Teatro Extremo, “Tenho um morto na minha cama” e “Antes de começar” pela Contratempo. Como actor participou, pelo Teatro do Elefante em “Peregrinação” de (Fernão Mendes Pinto), “Aqui jazz Bocage” e Charanga de Dragões”, encenado por Fernando Casaca e Rita Sales, pela companhia Arena de Feras em “Feras Amestradas” e “Peepashow”, com encenação de Afonso Guerreiro, pelo Teatro O Grito em, “Fábulas e Contracenas” com encenação de José Vaz, pela companhia Sem pés nem cabeça em “As aventuras do Capitão Ventura” com encenação de João Carracedo, pela Casa da Cerca em “História da Casa da Cerca” com encenação de João Paiva Teixeira. Pelo Teatro Extremo participou nas peças; “Retratos” e “Família Barata no 25 de Abril”, com criação colectiva e coordenação de Fernando Jorge Lopes e “Menina á Janela”, com encenação de Bibi Gomes. Pelo Teatro na Gandaia participou nas peças: “Vestido de noiva” de (Nelson Rodrigues), com encenação de Rui Cerveira, “As Aves” e “Lisístrata” de (Aristófanes) com encenação de Ana Nave. Pelas Produções Acidentais participou no monólogo “Beremiz - Na Terra Plana” e “Reverso” com encenação de Luzia Paramés. Como programador fundou a empresa de produção de eventos musicais e culturais Free Music, onde produziu vários eventos de música eletrónica, world music e rock. Foi programador em espaços como: O Bar Parágrafo, a Incrível Almadense, o Teatro Extremo, o Teatro Estúdio António Assunção e a Casa das Artes - Meia volta de Urano. Actualmente é músico e compositor de “Remexido” e músico de “Earth Electric”.

Música

 

Vídeo

Rossio Music Publishing